BIKEPACKING VS CICLOTURISMO

 

Alguns preferem conforto e espaço. Outros, a leveza e estabilidade. Uma coisa é certa, o melhor meio de transporte pra viajar é a bicicleta. Considero Cicloturismo as bicicletas montadas com bagageiros e alforges dianteiros e traseiros. O Bikepacking não deixa de ser um braço do Cicloturismo com a diferença que os alforges e bagageiros são substituídos por bolsas presas ao quadro, guidão e selim sem a necessidade dos bagageiros. É onde o cicloturismo encontra o minimalismo.

 

IMG_9180

 

Os grandes alforges pra Cicloturismo permitem acomodar mais coisas e eu os recomendaria pra uma viagem mais longa. Há muitas maneiras de fazer seu próprio alforge. Um passeio pelo youtube e você encontra inúmeros tutoriais pra fazer desde uma simples cestinha pra ir à feira até alforges 100% à prova d’água. Geralmente os alforges são fixados nas laterais do bagageiro deixando a parte em cima liberada pra carregar uma barraca por exemplo. Muita gente opta por colocar uma outra bolsa na parte de cima do bagageiro. Há também quem adapte a alça da barraca pra encaixar no guidão. É bem importante distribuir o peso igualmente entre os lados pra não atrapalhar a estabilidade e pensar na disposição do conteúdo das bolsas. Aquela sua capa de chuva pode ir por baixo de tudo se a previsão é de sol para os próximos dias.

 

DSCF5673

 

O Bikepacking, enquanto “modalidade”, começou a ser difundido à pouco e as informações sobre equipamentos são escassas pela internet. Como as bicicletas variam de tamanhos e medidas, fica difícil criar uma bolsa de quadro padrão então a maioria “comercial” delas são feitas sob encomenda ou no do-it-yourself. A vantagem que vejo é que no Bikepacking a bicicleta fica bem mais leve e também mais estreita, então, viajar pegando single-tracks não seria um problema. O mesmo vale pra pegar carona e aqueles momentos que você precisa carregar a bike. Sem alforges e bagageiros fica bem mais fácil. Há marcas bem especificas de bikepacking que difundem a cultura como a Surly, Salsa, Porcelain Rocket etc.

 

IMG_9337

 

Sem bagageiro, a bicicleta quebra menos. Parafusos de bagageiros são famosos por quebrarem há mil quilometros de lugar algum. Mas ao mesmo tempo, é o bagageiro e o peso extra que te permitem carregar aquele saco de dormir mais bacana sem precisar se preocupar com espaço. Por outro lado, bikepacking é caro. Diminuir o peso de barraca, diminuir o tamanho do saco de dormir, diminuir o tamanho da toalha significa gastar mais. Existe essa relação direta entre leveza e preços altos.

 

FER00209

 

Se sua viagem é curta ou se o caminho for estreito, vai de bikepacking sem pensar. Se o caminho for longo e for preciso aquele conforto extra, descole um bagageiro, uns alforges e seja feliz.

Boa viagem! Nos vemos na estrada!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *